Olá. Tudo na paz? Hoje quero compartilhar sobre a vida de uma mulher que por sua lealdade e busca fervorosa a Deus mais tarde teve grandes frutos para a Gloria de Deus. – “das mães que deixaram o exemplo da oração na história, Susanna Wesley é a minha favorita e podemos aprender muito com ela. De seus dezenove filhos, que nasceram entre 1690 e 1709, apenas nove chegaram à idade adulta. Depois que ela teve seu nono filho, Susanna decidiu aumentar o seu tempo de devoção e oração de uma hora para duas. Aqueles que a conheceram sabiam que sua coragem e sua paz vinham dos momentos que ela passava com Deus todos os dias. A vida de Susanna não era fácil. Sua casa era um barraco de barro; seu marido era um homem muito difícil; sua casa pegou fogo duas vezes, e quase tudo ficou destruído; ela tinha grandes problemas financeiros por causa das dívidas de seu marido. Porém, a sua força estava no Senhor, e o propósito dela era claro: criar os seus filhos para a glória de Deus. Susanna educou rigorosamente os seus filhos, ensinando-os seis horas por dia em sua casa mas ela sabia que a maturidade espiritual deles dependia da ajuda divina. Sua biografia descreve como ela colocava cada filho para dormir e observava cada rosto sob a luz da vela, enquanto orava para que Deus inspirasse cada um deles de maneira tal que pudessem ser usados para mudar o mundo…” (Cheri Fuller). Sabemos que um dos seus filhos (John Wesley) se tornou um grande pregador do evangelho e outro (Charles Wesley) foi compositor de vários hinos conhecidos na igreja. Que assim como Susanna Wesley, nós possamos nos transformar em mães de oração.

Queridas, que nosso Deus nos transforme em verdadeiras mães de oração que confiam em Suas bênçãos mesmo que, muitas vezes, não sejam da maneira que pensamos mas confiando que Sua decisão é mais sábia do que a nossa.