– Um dos menores versículos bíblicos é o que mais revela a “humanidade” de Jesus (Jo 11.35)
– O nome cristão só aparece três vezes na Bíblia (At 11.26; At 26.28; 1Pe 4.16)
– A pregação mais veloz descrita na Bíblia foi feita correndo ao lado de um “carro”, em um lugar deserto (At 8.26-30)
– Paulo pregou o sermão mais longo descrito na Bíblia – até o romper da alva (At 20.7-11)
– A “Epístola da Alegria”, a carta de Paulo aos Filipenses, foi escrita na prisão, e as expressões de alegria aparecem 21 vezes na epístola.
– Existe a citação de um outro Jó no primeiro livro da Bíblia (Gn 46.13)
– Além de tudo porque passou, Jó tinha um surpreendente conhecimento de astronomia para a sua época (Jó 9.9; 38.31-33)
– O maior profeta nunca realizou um milagre, mas foi o pregador mais convincente (Jo 10.41,42)
– A idéia organizacional é bíblica e foi implantada por Moisés no deserto sob a orientação de um sacerdote (Ex 18.13-26)
– O nascimento de uma menina tinha o dobro do “resguardo” do que um menino (Lv 12.2-5)
– 700 homens canhotos atiravam pedras com uma funda e acertavam num fio de cabelo sem errar (Jz 20.16)
– A gozação feita por 42 rapazes, chamando um profeta de Deus de careca (calvo) teve um triste fim (2Rs 2.23)
– O trânsito pesado e veloz, os cruzamentos, aparecem descritos exatamente como hoje (Na 2.4)
– A questão salarial e a responsabilidade trabalhista, são uma preocupação divina a tempos (Tg 5.4)
– A mensagem através de “out-door” é uma citação bíblica detalhada (Hc 2.2)
– O primeiro maratonista, correu contra um carro veloz “pilotado” por um rei e ganhou (1Rs 18.45,46)
– O “dia da noiva” mais longo durou um ano, e contou com uma preparação tão especial que até hoje é desconhecida (Es 2.12)
– O nome mais comprido e estranho de toda Bíblia é: Maersalalhasbaz – filho de Isaías (Is 8.3,4)
– Quem cortou o cabelo de Sansão não foi Dalila, mas um homem (Jz 16.19)
– Deus foi comparado a uma águia e uma galinha (Dt 32.11; Mt 23.37)
– A terra só passou a produzir espinhos depois da desobediência de Adão (Gn 3.17,18)
– O dilúvio não foi apenas uma grande chuva; foi a primeira chuva que veio sobre a terra (Gn 2.6; 7.4)
– Uma das coisas que diferenciam a Bíblia de outros livros é a sua unidade. Foi escrita num período de 1500 anos por mais de 40 autores, tendo uma completa harmonia
– A frase: “Não temais” aparece na Bíblia 366 vezes
– A primeira citação da redondeza da terra, confirmava a idéia de Galileu de um planeta esférico (Is 40.22)
– A Arca de Noé media 134m de comprimento, 23m de largura e 14 de altura; sua área total nos três pisos era de 9.250m² e um volume total de 43.150m³ aproximadamente; o que a torna próxima das embarcações atuais (Gn 6.15,16)
– As tábuas da lei feitas por Deus foram quebradas por Moisés e, depois feitas por Moisés e reescritas por Deus (Ex 34.11)
– Moisés fez o povo beber ouro, do bezerro da desobediência (Ex 32.19,20)
– O movimento ecológico começou por um alerta de Deus (Ex 23.28,29)
– O maior reino descrito na Bíblia, tinha 127 províncias e se estendia da Índia até a Etiópia, e era comandado pelo rei Assuero (Es 1.1)
– Davi além de poeta, músico e cantor foi inventor de diversos instrumentos musicais (Am 6.5)
– Davi foi ungido 3 vezes, obtendo uma gloriosa confirmação divina e humana (1Sm 16.1-13; 2Sm 2.4; 1Cr 11.1-3)
– Salomão não era o único sábio, haviam mais 4 sábios (1Rs 4.29-31)
– Grande parte das pregações de Jesus foram feitas por ele assentado (Mt 5.1,2; Lc 4.20,21; Lc 5.3)
– O tio e a tia de Jesus converteram-se na sua pregação antes da crucificação (Lc 24.13-18; Jo 19.25)
– O “sermão do monte” foi repetido por Jesus no que podia ser chamado “sermão da planície” (Mt 5.1; Lc 6.17)
– Um curioso e desavisado foi forçado a carregar a cruz com Jesus (Mt 27.23; Mc 15.21; Lc 23.26)